Páskándi Géza: A determinação do valor (Az érték megnevezése in Portuguese)

Portre of Páskándi Géza

Az érték megnevezése (Hungarian)

A megragadhatatlan is érték
A meg-nem-nevezett is
Sokszor épp a hiányod
Rakja föl árcéduláit
Akartam venni egy tányért
Afféle éttermi emblémás csanakot
„Mi az ára"
„Nem eladó" szólott a zord úr
„Vegye úgy hogy eltörtem"
„De nem törte el" szólott a zord úr
„De vegye úgy"
„De nem veszem úgy"
Így vívtam csatámat a Zorddal
Igen
Ha eltörném
MEGNEVEZŐDNE AZ ÉRTÉK
Igen
Hiány mutatja sokszor az árat
Amíg ép - megvehetetlen
S csak cserepeiben
Érezheted majd
Halála drága
A pusztulásban kifejeződik az érték
Meghalt nem hallja hát üvöltsd
Nincs párja e létben



PublisherMagvető Kiadó, Budapest
Source of the quotationSzép versek

A determinação do valor (Portuguese)

Mesmo o que não é possível possuirmos também vale
Assim como tudo aquilo que não é possível determinarmos
Quantas vezes a minha carência de ti
Me apresenta a etiqueta com o seu preço
Quis adquirir um prato
Um prato qualquer com a sigla do restaurante
«Quanto custa?»
«Não é para vender» disse-me o cavalheiro ríspido
«Imagine que o parti»
«Mas não o partiu» disse-me o cavalheiro ríspido
«Mas imagine que foi assim»
«Não estou a imaginar que sejam assim»
Foi esta a batalha que eu travei com ele, o Ríspido
Sim
Se eu o partisse
SERIA DETERMINÁVEL O VALOR
Sim
Quantas vezes a carência designa o valor
Está integral – é indeterminável
Pois apenas nos seus fragmentos
Podes sentir em ti
Como a sua morte é valiosa
No desvanecer é que se exprime o valor
Morreu já não ouve então grita
Não há outro igual na existência.



PublisherLimiar, Porto
Source of the quotationPoetas Húngaros

minimap